quarta-feira, 9 de junho de 2010

Solidão

Ás vezes ,em certas noites ,não necessito de um abraço ,juras de amor ou muito menos de alguém que aqueça meu leito . Em certas noites ,ás vezes ,preciso apenas de um quarto trancado ,num silêncio profundo sem a mínima fresta de Luz . E lá me deitarei ao chão e derramarei tudo o que me faz Mal .. Derramarei o que me apavora e me faz querer gritar ,derramarei aquilo que me prende e me impede de andar . Então levantarei e abrirei a porta e deixarei a Luz entrar e me aquecer e logo ouvirei o barulho do Mundo ,assim agradecerei por ter forças para viver e aguentar todas as coisas podres do Mundo que sempre tento Derramar .

Nenhum comentário:

Postar um comentário