quinta-feira, 12 de agosto de 2010

a tua Dor ,é o meu deleite ..

(...) e no meu colo você se deitou e adormeceu .
Como num Conto de Fadas ,caiu em sono profundo no meu leito ..
E ao cair da noite ,quando as flores exalam seu perfume ,o mórbido e doce cheiro do teu sangue vem de encontro ao meu pensamento ! Seria crueldade minha cortar tão bela pele ? Já me é difícil raciocinar com o leve gosto e desejo de pecado que carrego nos lábios .. É difícil resistir ao prazer de deleitar - me em tal mel divino ,divino ,cor de rubi sangrando . Meu coração dispara ao te ver em minhas mãos ,e minha mente se confunde completamente ,e lá no fundo vejo a luz que sai da tua pele branca e macia ,aquela mesma pele que desejo no profundo do meu ser ,quero poder beijá - la ,sentí - la dentro de mim ,e quero ver seu mel escorrer em minha boca ,até que eu não tenha mais forças para viver .. Deixe - me tocá - la da forma mais cruel e deliciosa ,deixe - me afiar minhas lâminas em você ,deixe - me beijá - la até o dia amanhecer .. Mas não estranhe se de manhã eu não mais estiver ao seu lado ,pois corro do Sol ,aquele que me machuca ,e fujo do Amor ,como quem foje de uma Guerra . Pois não sei amar ,apenas amo a noite por não queimar a minha face ,mas não posso amar você ! Não devo ama - lá mais do que já amo .. Pois estou aqui apenas pela sua dor ,e meu deleite .. nada mais ! E a cada vez que encontrar você te machucarei de novo ,então vá embora !!! Se livre de tal maldição .. pois se aqui ficar sugarei até seu coração !

Nenhum comentário:

Postar um comentário