quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Eterna Solidão .

" A noite está gelada e levemente sombria . As árvores gritam suas vontades ao vento e as luzes foram todas embora . Há muito tempo não reconheço o amigo Sol ,ele se foi .. E a terrível assassina Escuridão me chama para caminhar . As ruas desertas com seus bancos vazios ,trazem tristeza em seus olhares . O vento suplica perdão aos gritos ,levantando os restos mortais de cada pétala que um dia foi ao chão . As casas quebradas já não carregam mais os gritos falsos e os chamados por socorro ,cada um que ali vive já morreu em si mesmo . Mas ao meu lado ,junto a mim ,bem junto a mim ,a bela mulher vestida de preto continua a caminhar . Com seus longos cabelos negros jogados ao vento ,sua pele feita de neve e seu olhar de afeto e perigo ,que me acolhem completamente . Seu corpo desenhado pelos Deuses e sua fragância feita de gotas de Amor ,me encantam e me fazem desejá - la cada vez mais ,aqui ao meu lado ,bem ao meu lado . O seu nome eu não sei ,mas desejo muito mais do que saber seu belo nome . Desejo muito mais . Suas mãos macias tocam as minhas . E ao meu lado você caminha ,silenciosamente ,me fazendo sentir cada batida descompassada do seu coração . O seus olhares me penetram ,lá no fundo ,bem lá no fundo ,me fazendo perder os sentidos . E logo percebo que estou em seu leito ,seu negro leito de Amor . Suas roupas caem ao chão ,como as folhas caem no Outono . Seus cabelos balançam ao vento ,como as árvores no Inverno ,e seu corpo queima como um vulcão ,erupindo em pleno Verão . E em mim você desabrocha a flor do seu corpo ,como as rosas criam vida em toda Primavera . Sua pele toca a minha ,como a sua mão toca meu corpo . Seus lábios devoram minha pequena menina ,como eu devoro seus seios . Suas pernas dançam nas minhas ,como eu danço em você ,seus suspiros gritam em mim ,como eu grito aos céus . Você dentro de mim ,eu dentro de você . Eu bebo da sua seiva ,sujo os lábios de prazer . Você toma da minha vida ,e se embebeda em meu ser . Assim a água dos céus vem e lava nossos corpos ,tirando nosso suor ,tirando nosso pecado . Você já vai embora ,mas antes beija meus lábios me aquecendo por inteira . Então a seguro pelas mãos e lhe pergunto : " E quem seria essa bela dama que aquece meu leito e meu coração ? " Ela sorri e me responde : " Sou aquela ,a quem tu amas ,que te acompanha com servidão ,sou sua amiga ,sua amada ,a Eterna Solidão . "  Agnes S.


Nenhum comentário:

Postar um comentário