terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Look at the Stars

Olhe pras estrelas, olhe como elas brilham por você e por tudo o que você faz, sim, elas eram todas amarelas. Eu progredi, eu escrevi uma canção para você e tudo que você faz e ela chamei de "amarela". Então eu esperei minha vez, que coisa para se fazer e era tudo amarelo. Sua pele, sim, sua pele e ossos transformaram-se em algo bonito. Você sabe? Você sabe que eu te amo tanto, você sabe que eu te amo tanto. Eu atravessei o oceano, eu superei barreiras por você, que coisa a se fazer, pois você estava toda amarela. Eu tracei uma linha, eu tracei a linha por você, que coisa a se fazer e ela era toda amarela. Sua pele, sim, sua pele e ossos transformaram-se em algo bonito. Você sabe? Por você eu daria todo o meu sangue, por você eu daria todo o meu sangue. É verdade, olhe como elas brilham para você, olhe como elas brilham para você, olhe como elas brilham para..

Nenhum comentário:

Postar um comentário